PARA ADOÇÃO EMAIL
ogatocariocaadocao@gmail.com
Adoção
NÃO RECEBEMOS FELINOS PARA ADOÇÃO
NO DIA DO EVENTO.
AGENDAMENTOS SUSPENSOS
e mail projetogatocarioca@gmail.com

english french spanish italian

Pesquisar neste blog

Carregando...

24 de abr de 2012

CORKY. Exemplo de superação, bastou alguém ajudar!


24/04/12 12:20 EXTRA

Isso  não é Brasil mas bem que poderia ser!!!!! Um exemplo a ser seguido pelos nossos veterinários criativos e apaixonados por animais. Tentar salvar e criar uma solução seja lá quão difícil possa parecer...Corky poderia fazer parte da estatística de óbitos dos felinos especiais no entanto ele esta ai lindo e fofo se recuperando. Achei a matéria excelente quando li e quis compartilhar com todos!  Corky é o N.º1 desta cirurgia!



"Um gatinho que nasceu com as patas viradas para trás passou por uma cirurgia pioneira. Corky foi encontrado por um menino, com sete meses de vida, e levado para um abrigo de animais. Sem poder andar, o animal se arrastava pela chão.

No abrigo, Corky foi deixado de lado. Mas Gail Ventzke e Carol Stefonek, administradores de um santuário de gatos na cidade de Fargo, Estados Unidos, ouviram falar do gatinho e decidiram salvar a vida dele.

Os dois levaram Corky ao veterinário, Dan Burchill. O especialista explicou que existia uma cirurgia que poderia consertar as patinhas do gato e fortalecê-las com pinos de aço.

O procedimento durou cinco horas. Além dos pinos, o veterinário cortou também o tendão de Aquiles de Corky, para que as patinhas fossem viradas e o gatinho voltasse a andar. O animal sentiu fortes dores no pós-operatório e precisou ficar no hospital por dias.

Corky fez hidroterapia, acupuntura, terapia com laser e tudo o que era possível para conseguir se sustentar em pé. O animal ainda leva ataduras coloridas nas patinhas, mas já é capaz de sair caminhando por aí.

- Dr. Burchill é nosso herói. Ele basicamente inventou essa cirurgia para Corky. Ele se apaixonou por Corky também. Ele vai ao hospital inclusive nos dias de folga, para trocar pessoalmente os curativos dele, porque não quer que ninguém mais o faça - contou Gail - Eu acho que não há nada que eu tenha feito nos últimos quatro anos resgatando gatos, que tenha valido mais a pena do que isso. Esse rapazinho é incrível - acrescentou."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECEBA POR EMAIL